29 agosto 2013

Pastéis de Nata

Os que me conhecem sabem como sou um bom garfo e não tenho medo de me chegar às panelas, por vezes até crio umas coisa bem jeitosas, mas não é de mim que vos venho falar… mas sim de uma especialidade bem portuguesa que muito de vocês já provaram, comeram e se lamberam, gostariam de saber fazer mas não sabem como, então uma breve história e depois uma receita para pasteis de nada. (aqueles ou aquelas que queiram dar um toque mais fresco é só juntar à água raspas de limão (pouco, se não altera em muito o sabor) e coar a mesma água para as raspas não contaminarem o produto final.

A História

Os "Pastéis de Nata, de Belém" são uma das mais populares especialidades da doçaria portuguesa. Embora se possam saborear pastéis de nata em muitos cafés e pastelarias, a receita original é um segredo exclusivo da Fábrica dos Pastéis de Belém, em Lisboa. Aí, tradicionalmente, os pastéis de Belém comem-se ainda quentes, polvilhados de canela e açúcar em pó.


Em 1837, em Belém, próximo ao Mosteiro dos Jerónimos, numa tentativa de subsistência, os clérigos do mosteiro puseram à venda numa loja precisamente uns pastéis de nata. Nessa época, a zona de Belém ficava longe da cidade de Lisboa e o seu acesso era assegurado por barcos a vapor. A presença do Mosteiro dos Jerónimos e da Torre de Belém atraíam inúmeros turistas que depressa se habituaram aos pastéis de Belém.




Na sequência da revolução liberal de 1820, em 1834 o mosteiro fechou. O pasteleiro do convento decidiu vender a receita ao empresário português vindo do Brasil Domingos Rafael Alves, continuando até hoje na posse dos seus descendentes.

No início os pastéis foram postos à venda numa refinaria de açúcar situada próximo do Mosteiro dos Jerónimos. Em 1837 foram inauguradas as instalações num anexo, então transformado em pastelaria, a "A antiga confeitaria de Belém". Desde então, aqui se vem trabalhando ininterruptamente, confeccionado cerca de 15.000 pastéis por dia. A receita, transmitida e exclusivamente conhecida pelos mestres pasteleiros que os fabricam artesanalmente na Oficina do Segredo, mantém-se igual até aos dias de hoje. 


Tanto a receita original como o nome "Pastéis de Belém" estão patenteados.

A Oficina do Segredo na Fábrica dos Pastéis de Belém guarda a antiga receita secreta da confeção e preparação dos verdadeiros pastéis de nata - os Pastéis de Belém.

Os mestres pasteleiros da Oficina do Segredo são os poucos detentores da receita, assinam um termo de responsabilidade e fazem um juramento em como se comprometem a não divulgar a receita.

Receita Pastéis de Nata

A Receita é para 16 unidades.

INGREDIENTES:
300gr de Massa Folhada  (eu compro a massa já feita e estendo-a até ficar bem fina)
300gr de Açúcar
2,5dl de Leite
50gr de Farinha
2,5dl de Água
6 Gemas
Canela em Pó para polvilhar

CONFECÇÃO:
1) Deitar a farinha no tacho, juntar o açúcar, a água, o leite e misturar bem. Levar ao lume mexendo de vez em quando  (o truque está em mexer o mínimo possível!)  até engrossar. Retirar do lume e deixar amornar. Numa tigela bater as gemas e depois juntar o preparado anterior, em fio e mexendo sempre.

2) Ligar o forno a 250º. Numa bancada polvilhada com farinha, estender a massa folhada em forma de retângulo. Cortar a massa em rodelas com 2cm de largura  (eu uso uma caneca). Untar as forminhas com azeite ou manteiga e forrar com a massa folhada, esticando cuidadosamente com os dedos. 

3) Aparar os rebordos das forminhas e distribuir o preparado anterior pelas mesmas  (eu coloco uma colher de sopa em cada forminha e depois distribuo o restante preparado de forma uniforme para que fiquem todos equilibrados).

4) Dispor as forminhas num tabuleiro e levar ao forno por aproximadamente 35 minutos  (aqui em casa preferem-nos bem cozidos). 

5) Retirar do forno e salpicar com borrifos (o borrifador de engomar serve) de água  (não subestimem esta parte da receita, faz toda a diferença!), deixar amornar ligeiramente e desenformar. Servir polvilhados com canela (é polvilhar não encher de canela).

Pronto, é a receita mais simples do mundo e garanto que fica deliciosa! Espero que gostem. Quando experimentarem deixem comentários! Qualquer dúvida que tenham é só colocar.

Vídeo Caçado na net sobre pastel de nata

Um ’truque’ o maçarico faz milagres na queimada dos pasteis se o forno não os queimar suficientemente… ;)

Atenção: Cada Pastel de Nata tem cerca de 275kcal! (Comam com moderação!), porque estes são de chorar por mais.


Senão… iguaizinhos ao Jardineiro

3 comentários:

Paula Barros disse...

Ri com esta parte: "Os que me conhecem sabem como sou um bom garfo". E quem me conhece sabe que também sou.

1º Lembrei que comi os pastéis de Belém sozinha. Não pudemos estar juntos neste momento delicioso.

2º Lembro o quanto comi comidas deliciosas proporcionadas por vocês, em lugares agradáveis e lindos.

3º Lembro que você não fez pastel de nata para mim. kkkk

4º Então, preciso voltar a Portugal para comermos pastel de nata..

Abraço para vocês.

Paula Barros disse...

Soube hoje que aquela sua amiga Dilma Damascena faleceu. Não sei se vocês estão sabendo.
abraço

Wagner Silva disse...

Boa tarde!

Parabéns pelo seu blog!

Vimos que você tem muitas receitas no seu blog e queremos lhe apresentar www.tudoreceita.pt, um novo site web onde os nossos usuários podem procurar entre mais de 190.000 receitas dos sites e blogs mais populares de Portugal.

No site criamos a secção ¨Top blogs de receitas¨, (http://www.mytaste.pt/top-blogs-de-receitas), um ranking de blogs ao que você também pode adicionar o seu blog.

Nós indexamos as suas receitas e os usuários as podem encontrar utilizando o nosso motor de pesquisa. Dessa maneira nós geramos muito trafico para os blogs do nossos blogueiros.

E você não precisa se preocupar com nada porque tudo no Tudoreceita.pt é grátis!

Tudoreceita.pt tem sites irmãos em Espanha, Inglaterra, França, EU e Suécia, entre 40 outros.

Você quer fazer parte desta grande família?

Também estamos no Facebook ( www.facebook.com/Tudoreceita) e Twitter (https://twitter.com/Tudoreceita )


Estamos à sua disposição!

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin