30 novembro 2009

Poder de Sobrevivência


Por que será que nos lamentamos tanto quando nos decepcionamos, perdemos e erramos?
O mundo não acaba quando nos enganamos. Ele muda, talvez, de direção, mas precisamos tirar partido dos nossos erros.
Por que tudo teria que ser correto, coerente e sem falhas?
As quedas fazem parte da vida e do nosso aprendizado dela.
Que dói, dói. Ah! Isso não posso negar! Dói no orgulho, principalmente. E quanto mais gente envolvida, mais nosso orgulho dói. Portanto, o humilhante não é cair, mas permanecer no chão enquanto a vida continua seu curso.
O problema é que julgamos o mundo segundo nossa própria maneira de olhar e nos esquecemos que existem milhões e milhões de olhares diferentes do nosso. Porém, não está obrigatoriamente errado quem pensa diferente da gente só porque pensa diferente. E nem obrigatoriamente certo. Todo mundo é livre de ver e tirar suas próprias conclusões sobre a vida e sobre o mundo.
Na vida, se nos fecharmos, se fecharmos nossa alma e nosso coração, nada vai entrar. E será que conseguiremos nos bastar a nós mesmos? Eu duvido.

Não andamos em cordas bambas o tempo todo, mas às vezes é o único meio de atravessar.
Somos bem mais resistentes do que julgamos. A própria vida nos ensina a sobreviver, viver sobre tudo e sobretudo.
Nunca duvide do seu poder de sobrevivência!
Se você duvida, cai.

(Letícia Thompson)

28 novembro 2009

Entrevista de emprego!!


CANDIDATO SENDO ENTREVISTADO POR UM PSICÓLOGO, PARA CONCORRER A UMA VAGA DE UMA EMPRESA:

- Você está em uma estrada escura e vê ao longe dois faróis emparelhados vindo em sua direção. O que você acha que é?

- Um carro, diz o candidato.

- Um carro é muito vago. Que tipo de carro? Uma BMW, um Audi, um Volkswagen?

- Não dá pra saber né?

- Hum..., diz o psicólogo, que continua: Vou te fazer uma outra pergunta:

- Você está na mesma estrada escura e vê, só um farol vindo em sua direção, o que é?

- Uma moto, diz o candidato.

- Sim mas que tipo de moto? Uma Yamaha, uma Honda, uma Suzuki ?

- Sei lá, numa estrada escura, não dá pra saber (já meio nervoso).

- Um..., diz o psicólogo. Aqui vai a última pergunta:

Na mesma estrada escura você vê de novo só um farol, menor que o anterior.

Você percebe que vem bem mais lento. O que é?

- Uma bicicleta.

- Sim mas que tipo de bicicleta, uma Caloi, uma Monark?

- Não sei.

- Você foi reprovado! - Diz o psicólogo.

Aí o candidato muito triste com o resultado, dirige-se ao psicólogo e fala:

- Mesmo eu não sendo aprovado achei interessante esse teste.

Posso fazer uma pergunta ao senhor, nessa mesma linha de raciocínio?

- E o psicólogo satisfeito responde, claro que pode!

- O senhor está tarde da noite numa rua mau iluminada. Aí vê uma moça com maquiagem carregada,
vestidinho vermelho bem curto, girando uma bolsinha, o que é?

- Ah! diz o psicólogo - é uma puta.
- Sim, mas que puta? Sua irmã? Sua mulher? Ou a puta que te pariu?

Enviada por email por Francisco Charneca - Alentejano, Pintor e Escultor

27 novembro 2009

Regras da casa....



Um pai com 3 filhos.

O mais velho pediu:

-Oh pai, queria 1 carro! Na faculdade só eu não tenho!
-Só quando eu pagar o tractor.

Vem o outro:

-Oh pai quero uma moto!
-Só quando eu pagar o tractor.

A seguir vem o mais novo.

-Pai quero uma bicicleta!
-Só quando eu pagar o tractor.

O miúdo vai pró quintal amuado, vê o galo em cima da galinha, dá-lhe um pontapé e diz:

-Nesta casa enquanto o pai não pagar o tractor anda tudo a pé!!!

26 novembro 2009

A importância do estrume




Elogio, inocente, aos professores....
Aconteceu na Escola Básica Integrada de Rabo de Peixe (Ilha de S.Miguel - Açores), desconhecendo-se qual a nota atribuída ao referido aluno.

A professora pediu aos alunos para fazerem uma composição sobre a escola.

Um deles escreveu:

'A minha escola é pequena, mas muito bem arranjada. A minha escola é como se fosse um jardim.
Nós os alunos, somos as flores e a senhora professora é como se fosse um monte de estrume que nos faz crescer belos e fortes.'

Enviado por e-mail - Maria de Jesus - Évora

25 novembro 2009

Contrastes


A vida é feita de contrastes,
tipo imagem no espelho
onde vemos tudo ao contrário:
quem mais amamos não nos ama,
e quem nem imaginamos suspira por nós.

Sonhamos com um curso e fazemos outro,
queremos uma viagem e ela nunca acontece,
criamos quadros de felicidade,
que desmoronam sozinhos com a dura realidade,
e nos perguntamos sempre: por quê?

Nem sempre encontramos o mar que desejamos,
se queremos navegar, queremos o mar sereno,
se queremos surfar, rezamos pelas ondas altas,
e se vamos pescar, preferimos calmaria,
como agradar tanta gente e tantos sonhos?

Através dos contrastes, a vida vai ensinando,
que até o ódio é uma forma contrária de amar,
que a nossa tristeza é sempre passageira,
que à alegria sim, é a nossa companheira,
e que se um sonho é destruído,
outro deve ser colocado em seu lugar

Por tantos contrastes, podemos dizer:
"aprendemos com a dor a valorizar ainda mais,
as conquistas que a vida proporciona,
com fé, esperança e amor."





Não faço a menor ideia, quem é o autor

24 novembro 2009

Deficiente


Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive;

Sem ter consciência de que é dono do seu destino.

Louco é quem não procura ser feliz com o que possui.

Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria.
E só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.

Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão.
Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês.

Mudo é aquele que não consegue falar o que sente
E se esconde por trás da máscara da hipocrisia.

Paralítico é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda.

Diabético é quem não consegue ser doce.

Anão é quem não sabe deixar o amor crescer.

Renata Vilela

Peço desculpa, mas não posso postar mais hoje...!

Tenho o teclado bloqueado e desapareceu-me o rato... !


23 novembro 2009

O Contador Surdo-Mudo e a Advogada



Um chefão da Máfia descobriu que seu contador havia desviado dez milhões de dólares do caixa.
O contador era surdo-mudo e por isto fora admitido, pois nada poderia ouvir e, em caso de um eventual processo, não poderia depor como testemunha.

Quando o chefão foi dar um arrocho nele sobre os US$ 10 milhões, levou junto sua advogada, que sabia a linguagem de sinais dos surdos-mudos.

O chefão perguntou ao contador:
- Onde estão os U$ 10 milhões que você levou?

A advogada, usando a linguagem dos sinais, transmitiu a pergunta ao contador que logo respondeu (em sinais):
- Eu não sei do que vocês estão falando.
A advogada traduziu para o chefão:
- Ele disse não saber do que se trata.

O mafioso sacou uma pistola 45 e encostou-a na testa do contador, gritando:
- Pergunte a ele de novo.
A advogada, sinalizando, disse ao infeliz:
- Ele vai te matar se você não contar onde está o dinheiro.

O contador sinalizou em resposta:
- OK, vocês venceram! O dinheiro está numa valise marrom, de couro, que está enterrada no quintal da casa de meu primo Enzo, no nº 400, da Rua 26, quadra 8, no bairro Santa Marta!
O mafioso perguntou para advogada:
- O que ele disse?

A advogada respondeu:
- Ele disse que não tem medo de viado e que você não é macho o bastante para puxar o gatilho.

Enviado por e-mail pelo pintor-escultor Francisco Charneca

21 novembro 2009

Regras Masculinas


Sempre ouvimos as regras do lado feminino.
Agora aqui estão as regras do lado masculino.

Estas são as nossas regras:

Peitos e bundas existem para serem olhados, e é por isso que olhamos.

Não tentem mudar isso.

Aprendam a manejar o assento da privada. Vocês já são bastante crescidinhas pra isso.Vocês são grandes garotas. Se ele está levantado, abaixem-no. Nós precisamos dele levantado, vocês precisam dele abaixado.

Vocês não nos ouvem reclamar quando vocês deixam o assento abaixado.

Sábado = futebol. É como a lua cheia ou a mudança das marés. Não se muda isto.

Fazer compras NÃO é um esporte. E não adianta, nós nunca vamos pensar de outro jeito.

Choro é chantagem.

Peçam o que vocês querem. Vamos deixar isso bem claro:
- Dicas sutis não funcionam!
- Dicas grosseiras não funcionam!
- Dicas óbvias não funcionam!
- APENAS PEÇAM O QUE QUEREM!

Apenas ‘Sim’ ou ‘Não’ são respostas perfeitamente aceitáveis para a maioria das perguntas.

Tragam-nos um problema se querem ajuda para solucioná-lo.
  É o que nós fazemos.
  Para solidariedade existem as amigas.

Dor de cabeça que já dura mais de 17 meses é um problema. Consultem seu médico !

Tudo aquilo que nós dissemos há  6 meses não será admitido como argumento.  Aliás, todos nossos comentários se tornam nulos e sem efeito após 7 dias.

Se vocês acham que estão gordas, provavelmente estão mesmo.
  Não perguntem isso pra nós.

Se algo que dissemos pode ser interpretado de duas formas, e uma delas deixa vocês tristes ou magoadas, entendam: nós falamos com o significado da outra forma.

Vocês podem escolher: ou nos peçam algo, ou nos digam como deve ser feito.
  Nunca as duas coisas.
  Se vocês já sabem qual é o melhor jeito de fazê-lo, simplesmente façam.

Sempre que possível, por favor, digam o que precisam dizer durante os comerciais.

Pedro Álvares Cabral não precisou de orientações. Nós também não precisamos.

TODOS os homens enxergam em  16 cores, como o padrão do Windows.
  Pêssego, por exemplo, é uma fruta e não uma cor. Abóbora também pertence ao reino vegetal.
  Nós não temos idéia do que é fúcsia.

Se algo pinica, será coçado.
  Nós fazemos isso.

Se perguntarmos o que está errado, e vocês responderem “nada”, nós vamos agir como se nada estivesse errado. Nós sabemos que é mentira, mas não vale a pena discutir por isso.

Se vocês fazem uma pergunta e não querem ouvir a resposta, estejam preparadas para ouvir o que não querem.

Quando temos que ir a algum lugar, qualquer coisa que estejam vestindo estará ok.
  De verdade !

Não nos perguntem o que estamos pensando, a menos que estejam prontas para discutir assuntos como:
 Sexo,
 Futebol, e
 Carros.

Vocês têm roupas suficientes.

Vocês têm sapatos demais

Eu estou em forma!
  Redondo é uma forma.

Obrigado por ler as nossas regras; Sim, eu sei, hoje vou ter que dormir no sofá, mas sabe, os homens realmente não se importam com isso, é como acampar.

Envie isso aos homens da sua lista para que eles possam dar uma boa risada.

Envie às mulheres da sua lista para educá-las!

Enviado por e-mail por Edson Gutemberg Doutor, Psiquiatra, Professor na Universidade de Natal 

20 novembro 2009

Pinga Turbinada


Juca e Chico eram dois mecânicos de avião e trabalhavam no aeroporto do Galeão, Rio de  Janeiro.
Cachaceiros de carteirinha, não perdiam a chance de derrubar umas e outras.
Num fim de tarde sem movimento, Chico disse:
-"Tô seco pra tomar umas...
-"Eu também"- emendou o Juca.
Os dois foram até o vestiário, mas a garrafa no armário estava vazia.
Nessa altura, a vontade aumentou e então Chico sugeriu:
- "Que tal a gente experimentar combustível de jato?"
E o Juca:- "Vamo lá, de repente esse troço é bom..."
E os dois detonaram perto de um litro.
No dia seguinte, ao acordar, Chico ficou surpreso, pois estava se sentindo muito bem e sem ressaca.
Nisso o telefone tocou: era o Juca, que perguntou:
- " Como você se sente?"
- "Tô inteirão. A coisa é boa pra cacete. Agora só tomo dela.
- "É da boa mesmo, mas só uma pergunta: já peidou hoje?"
E o Chico :- "Não, por quê?"
-"Então não peida mano, porque eu tô ligando de Cuiabá!"


Enviado por email por Cláudio Trindade

19 novembro 2009

Estágios da Vida...

ESTÁGIOS DE VIDA DO HOMEM
IDADE
BEBIDA
17
cerveja
25
mais cerveja
35
vodka
48
whisky 12 anos
66
antiacido Maalox
IDADE
LINHA DE SEDUÇÃO
17
meus pais estão fora no fim de semana
25
minha mulher está fora no fim de semana
35
minha mulher e filhos estarão fora no fim de semana
48
comprei um carro importado
66
minha segunda esposa esta morta
IDADE
ESPORTES FAVORITOS
17
sexo, sexo, sexo
25
sexo , sexo, futebol
35
sexo, futebol
48
futebol e as vezes sexo
66
dormir
IDADE
DEFINIÇÃO DE UM ENCONTRO BEM SUCEDIDO
17
cinema e amasso
25
quando termina no café da manha
35
conseguir tomar café da manha sem os filhos
48
ter alguma companhia para o café da manha
66
chegar em casa vivo
IDADE
FANTASIA FAVORITA
17
dar três
25
sexo em local publico
35
sexo a três
48
apenas sexo
66
tomar viagra
IDADE
QUAL A IDADE IDEAL PARA CASAR?
17
25
25
35
35
48
48
66
66
17
IDADE
ENCONTRO IDEAL
17
assistir um filme de Stephen King no drive-in
25
jantar, sexo, dormir agarradinho
35
jantar, sexo e ela vai embora
48
ela aparece e resolve cozinhar
66
ter uma companhia para jantar
Estágios da vida da mulher
IDADE
BEBIDA
17
cuba-libre
25
vinho branco
35
diet coke
48
qualquer bebida desde que acompanhada
66
leite para osteosporose
IDADE
DESCULPA PARA RECUSAR ENCONTROS
17
meus pais não me deixaram ir
25
meu namorado vai desconfiar
35
meu marido vai desconfiar
48
meus filhos vão desconfiar
66
nunca recusaria um encontro!
IDADE
ESPORTE FAVORITO
17
shopping
25
shopping
35
shopping
48
shopping
66
shopping
IDADE
DEFINIÇÃO DE UM ENCONTRO BEM SUCEDIDO
17
matine de danceteria e lanchonete Mc Donald's
25
jantar com ele pagando e um bom motel
35
jantar, motel e um diamante
48
jantar e um diamante
66
um bom papo basta!
IDADE
FANTASIA
17
olhos verdes e bonito
25
olhos verdes, bonito e rico
35
olhos verdes, rico e inteligente
48
um homem com cabelo
66
um homem
IDADE
IDADE IDEAL PARA CASAR
17
17
25
25
35
35
48
48
66
66
IDADE
ENCONTRO IDEAL
17
ele se oferece para pagar
25
ele paga
35
ele prepara o café da manhã na manhã seguinte
48
ele prepara o café na manhã seguinte para as crianças
66
ele consegue mastigar o café da manhã
Enviado por email por Edna

16 novembro 2009

Construindo Pontes


Conta-se que, certa vez, dois irmãos que moravam em fazendas vizinhas, separadas apenas por um riacho, entraram em conflito.
Foi a primeira grande desavença em toda uma vida trabalhando lado a lado, repartindo as ferramentas e cuidando um do outro.
Durante anos eles percorreram uma estrada estreita e muito comprida, que seguia ao longo do rio para, ao final de cada dia, poderem atravessá-lo e desfrutar um da companhia do outro. Apesar do cansaço, faziam a caminhada com prazer, pois se amavam.
Mas agora tudo havia mudado. O que começara com um pequeno mal entendido finalmente explodiu numa troca de palavras ríspidas, seguidas por semanas de total silêncio.
Numa manhã, o irmão mais velho ouviu baterem na sua porta. Ao abri-la notou um homem com uma caixa de ferramentas de carpinteiro na mão.
Estou procurando trabalho- disse ele. Talvez você tenha um pequeno serviço que eu possa executar.
Sim! - disse o fazendeiro - claro que tenho trabalho para você. Veja aquela fazenda além do riacho. É do meu vizinho. Na realidade, meu irmão mais novo. Nós brigamos e não posso mais suportá-lo.
- Vê aquela pilha de madeira perto do celeiro? Quero que você construa uma cerca bem alta ao longo do rio para que eu não precise mais vê-lo.
Acho que entendo a situação - disse o carpinteiro. Mostre-me onde estão a pá e os pregos que certamente farei um trabalho que lhe deixará satisfeito.
Como precisava ir à cidade, o irmão mais velho ajudou o carpinteiro a encontrar o material e partiu.
O homem trabalhou arduamente durante todo aquele dia medindo, cortando e pregando. Já anoitecia quando terminou sua obra.
O fazendeiro chegou da sua viagem e seus olhos não podiam acreditar no que viam. Não havia qualquer cerca!
Em vez da cerca havia uma ponte que ligava as duas margens do riacho.
Era realmente um belo trabalho, mas o fazendeiro ficou enfurecido e falou: você foi muito atrevido construindo essa ponte após tudo que lhe contei.
No entanto, as surpresas não haviam terminado.
Ao olhar novamente para a ponte, viu seu irmão aproximando-se da outra margem, correndo com os braços abertos.
Por um instante permaneceu imóvel de seu lado do rio. Mas, de repente, num só impulso, correu na direção do outro e abraçaram-se chorando no meio da ponte.
O carpinteiro estava partindo com sua caixa de ferramentas quando o irmão que o contratou pediu-lhe emocionado: "espere! fique conosco mais alguns dias".
E o carpinteiro respondeu: "eu adoraria ficar, mas, infelizmente, tenho muitas outras pontes para construir."
E você, está precisando de um carpinteiro, ou é capaz de construir sua própria ponte para se aproximar daqueles com os quais rompeu contato?

Autor desconhecido

14 novembro 2009

A VERSÃO GAUDÉRIA DA BÍBLIA - O CAUSO DAS ESCRITURAS


Se pode brincar com coisas sérias... eu acho que pode... se se pode brincar com Alentejanos, porque não brincar com outras coisas, também se não sabe sorrir o que aqui vem fazer. então lá vai o escrito por um Gaucho

Buenas Tchê! Como a data da mais importante revolução do mundo está
chegando ( A farroupilha), vamos começar a enviar alguns documentos
"históricos" desta pátria de gente sincera, cordial e muito amistosa.
Encaminhamos este documento  básico da "história antiga".

Pois não sei se já les contei o causo das Escritura Sagrada.

Se não les contei, les conto agora. A história essa é meio comprida, mas
vale a pena contá por causo dos revertério.

De Adão e Eva acho que não é perciso contá os causo, porque todo mundo sabe
que os dois foram corrido do Paraíso por tomá banho pelado numa sanga.
Naqueles tempo, esse mundaréu todo era um pasto só sem dono, onde não tinha
nem dele nem meu.
O primeiro índio a botá cerca de arame foi um tal de Abel. Mas nem chegou a
estendê o primeiro fio porque levou um pontaço no peito, do irmão dele, um
tal de Caim, que tava meio desconforme com a divisão. O Caim, estonces,
ameaçado de processo feio, se bandeou pro Uruguai.
Deixou o filho dele, um tal de Nóe, tomando conta da estância.
A estância essa ficava nas barranca de uma corredera e o Noé, uns anos
despois,Tchê, ele pegou uma enchente muito feia pela frente. Bah! Cosa
muito séria. Caiu água uma barbaridade. Caiu tanta água que tinha até índio
pescando jundiá em cima de cerro.
O Noé entonces botou as criação em cima de uma balsa e se alargou nas
correnteza, o índio velho. A enchente era tão braba que quando o Nóe se deu
conta a balsa tava atolada num banhado chamado Dilúvio. Foi aí que um tal
de Moiséis varou aquela água toda com vinte junta de boi e tirou a balsa do
atoleiro. Bueno, aí com aquele desporpósito, as família ficaram amiga.
A filha mais velha do Noé se casou-se com o filho mais novo do Moisés e os
dois foram morá numa estância muito linda, chamada estância da Babilônica.
Bueno, tavam as família ali, tomando mate no galpão, quando se chegou um
correntino chamado Golias, com mais uns trinta castelhano do lado dele.
Abriaram a cordeona e quiseram obrigá as prenda a dançá uma milonga. Foi
quando os velho, que eram de muito respeito, se queimaram e deu-se o
entrevero. Peleia braba, seu. O correntino Golias, na voz de vamo, já se
foi e degolou de um talho só o Noé e o velho Moisés.
E já tava largando planchaço em cima do mulherio quando um piazito
carreteo, de seus dez ano e pico, chamado Davi, largou um bodocaço no meio
da testa do infeliz que não teve nem graça! Foi me acudam e tou morto.
Aí a indiada toda se animou e degolaram os castelhano. Dois que tinham
desrespeitado as prenda foram degolado com o lado cego do facão. Foi uma
sangüera danada. Tanto que até hoje aquele capão é chamado de Mar Vermelho.
Mas entonces foi nomeado delegado um tal de major Salomão. Homem de cabelo
nas venta, o major Salomão. Nem les conto!
Um dia o índio tava sesteando quando duas velha se bateram em cima dum guri
de seus seis ano que tava vendendo pastel. O major Samolão, muito chegado
ao piazito, passou a mão no facão e de um talho só, cortou as velha em
dois. Esse é o muito falado causo do Prejuízo de Salomão que contam por aí.
Mas, por essas estimativas, o major Samolão, o que tinha de brabo tinha de
mulherengo. Eta índio bueno, seu. Onde boleava a perna, já deixava filho
feito. E como vivia boleando a perna, teve filho que Deus nos livre. E tudo
com a cara dele, que era pra não havê discordância. Só que quando Deus
nosso Senhor quer, até égua véia nega estribo.
Logo a filha das predileção do major Salomão, a tal de Maria Madalena,
fugiu da estância e foi sê china no bolicho. Uma vergonhera pra família.
Mas ela puxou a mãe, que era uma paraguaia meio gaudéria que nunca tomô
jeito na vida.
O pobre do major Salomão se matou-se de sentimento, com uma pistola
Eclesiaste de dois cano.
Mas, vejam como é a vida. Pois essa mesma Maria Madalena se casou-se três
ano despois com um tal coronel Ponciano Pilatos.
Foi ele que tirou ela da vida. Eu conheço uns três caso do mesmo feitio e
nem um deles deu certo. Como dizia muito bem o finado meu pai, mulher
quando toma mate em muita bomba, nunca mais se acostuma com uma só. Mas
nesses contraproducente, até que houve uma contrapartida.
O coronel Ponciano Pilatos e a Maria Madalena tiveram doze filho, os tal de
apósto, que são muito conhecido pelas caridade que fizeram. Foi até na casa
deles que Jesus Cristo churrasqueou com a cunhada de Maria Madalena, que
despois foi santa muito afamada. A tal de Santa Ceia.
Pois era uns tempo muito mal definido. Andava uma seca braba pelos campo.
São José e a Virge Maria tinham perdido todo o gado e só tavam com uma mula
branca no potrero, chamada Samaritana. Um rico animal, criado em casa, que
só faltava falá. Pois tiveram que se desfazê do pobre.
E como as desgraça quando vem, já vem de braço dado, foi bem aí que
estouraram as revolução. Os maragato, chefiado por um tal coronel Jordão,
acamparam na entrada da vila.
Só não entraram proque tava lá um destacamento comandado pelo tenente Lazo,
aquele mesmo que por duas vezes foi dado por morto.
Mas aí um cabo dos provisório, um tal de cabo Judas, se passou-se pros
maragato e já se veio uns tal de Romano, que tavam numas várzeas, e
ocuparam a vila. Nosso Senhor foi preso pra ser degolado por um guasca
muito forte e muito feio chamado Calvário. Pois vejam como é a vida. Esse
mesmo Calvário, degolador muito mal afamado, era filho da velha Palestina,
que tinha sido cozinheira da Virge Maria.
Degolador é como cobra, desde pequeno já nasce ingrato. Mas entonces
botaram Nosso Senhor na cadeia, junto com dois abigeatário, um tal de João
Batista e o primo dele, Heródio dos Reis.
Os dois tinham peleado por causo de uma baiana chamada Salomé e no
entrevero balearam dois padre, monsenhor Caifás e cônego Atanásio.
Mas aí veio uma força da Brigada, comandada pelo coronel Jesus Além, que
era meio parente do homem por parte de mãe e com ele veio mais três corpo
de provisório e se pegaram com os maragatos. Foi a peleia mais feia que se
tem conhecimento, Foi quarenta dia e quarenta noite de bala e bala.
Morreu três santo na luta: São Lucas, São João e São Marco. São Mateus fico
três mês morre não morre, mas teve umas atenunante a favor e salvou-se de
lado a lado. Ainda levou mais um pontaço do mais velho dos Romano, o César
Romano, na altura da costela.
Ferimento muito grave que Nosso Senhor curou tomando vinagre na Sexta-feira
da paixão. Mas aí, Nosso Senhor se disiludiu-se nos home, subiu na cruz,
disse adeus pros amigo e se mandou-se de volta pro céu. Mas deixou os dez
mandamentos, que são cinco e que pode mutio bem acolher em dois "não se
mata home pelas costa, nem se cobiça mulher dos outro pela frente."



Enviado por email por Cláudio Trindade um outro Alentejano, morando lá para os lados de Curitiba.

13 novembro 2009

150 000 visitantes ... e ... Vai uma aposta...







Obrigado a todos os amigos e amigas... este Jardim atingiu os 150 000 visitantes... foram algumas horas de simples e despretensiosa desopilação neste Blog...  que continuem a sorrir com os canteiros e flores e  com a satisfação diária de ... viver.







Fora de Brincadeira, esta é séria...


Um homem chega a um bar e vê um cesto cheio de dinheiro no canto.


É claro que pergunta:
- Porquê que este cesto está cheio de dinheiro?
E o barman:
- Bem, você paga 10€ e, se passar por três testes, então terá todo o dinheiro do cesto...
- Quais são os testes?
- Primeiro pague. Esta é a regra.
Então o homem pagou ao barman os 10 € e este colocou a nota no cesto, com as demais.
- Ok.
Aqui está o que tem de fazer:
- Primeiro: tem de beber esta garrafa de bagaço, tudo de uma vez só e sem fazer nenhuma careta.
- Segundo: há um Pitbull lá fora, com um dente estragado, que lhe dói muito. Tem de arrancar o tal dente com as suas próprias mãos.
- Terceiro: há uma senhora de 90 anos, no segundo andar, que nunca teve um orgasmo na vida. Terá que fazer amor com ela e fazer com que ela finalmente o tenha.
- Não posso fazer tudo isso...é impossível!!!
Mas como o homem estava mesmo aflito de dinheiro, resolveu aceitar o jogo:
- Onde está o bagaço?
O barman deu-lhe a garrafa.
O homem agarrou com as duas mãos e entornou-a inteira pela boca, sem fazer nenhuma careta, apesar das lágrimas escorrerem pela cara.
Depois, levantou-se com dificuldade, olhou para todos, com cara de valente, e saiu do bar em direcção ao Pitbull.
Todos ouviram os latidos do cão, os gritos do homem, uma confusão infernal, até que o Pitbull uivou longamente, por 3 minutos, e, de repente, um silêncio imenso pairou no ar.
Todos pensaram que o homem tinha morrido.
Repentinamente, ele entra no bar, todo arranhado, e pergunta:
- E agora, onde está a velha do dente estragado?!!!!

10 novembro 2009

CD-5 Canções Eternas



Quinto CD-Canções Eternas

CD_5-1-Cartas de Amor - Trio Odemira
CD_5-2-Francisco José - Canta Guitarra Toca Baixinhos
CD_5-3-Olhos Castanhos - Francisco José
CD_5-4-Luís Piçarra /**Caminho Errado**/
CD_5-5-Vitor Espadinha - Recordar é Viver
CD_5-6-José Cid - Na cabana junto à praia
CD_5-7-Rui Veloso - Primeiro beijo
CD_5-8-Jorge Palma - Encosta-te a Mim
CD_5-9-André Sardet - Foi feitiço
CD_5-10-Tony de Matos Sou Romantico
CD_5-11-Cancao do Mar
CD_5-12-Paulo Gonzo- jardins proibido
CD_5-13-Lena d'Água - Sempre que o amor me quiser
CD_5-14-dava tudo adelaide ferreira
CD_5-15-OCULOS DE SOL!!!
CD_5-16-Carlos Guilherme - "Quando o coração chora de amor"

Todas as canções foram retiradas do YouTube





09 novembro 2009

SOBREVIVÊNCIA....




QUATRO LIÇÕES BÁSICAS DE SOBREVIVÊNCIA NO EMPREGO


Lição número um



Um urubu está pousado numa árvore, fazendo nada o dia todo. Um coelho viu o urubu e perguntou:

– Posso sentar como você e ficar fazendo nada o dia todo?

O urubu respondeu:

– Claro, por que não?

Assim, o coelho sentou-se embaixo da árvore e ficou descansando. Subitamente apareceu uma raposa que saltou sobre o coelho e o comeu...

MORAL DA HISTÓRIA:
Para ficar sentado sem fazer nada, você precisa estar sentado muito, muito alto.




Lição número dois


O peru estava batendo papo com o touro.

– "Eu adoraria ser capaz de chegar ao topo daquela árvore", suspirou o peru, "mas não tenho força..."

– "Ora," replicou o touro, "por que você não come um pouco do meu esterco? Ele tem muitos nutrientes".

O peru bicou um pedaço de esterco e verificou que realmente isso lhe dava a força necessária para chegar ao primeiro galho de árvore. No dia seguinte, depois de comer mais uns bons nacos de esterco, ele chegou ao segundo galho. Finalmente depois de duas semanas, comendo esterco de boi, de búfalo, das zebras, ele estava orgulhosamente empoleirado no alto da árvore. Imediatamente foi visto por um fazendeiro que atirou nele...

MORAL DA HISTÓRIA:
Qualquer bosta pode levar você ao topo, mas não manterá você lá.




Lição número três:


Quando o corpo foi criado, todas as partes queriam ser chefe. O cérebro foi logo dizendo:

– Eu deveria ser o chefe, porque controlo todas as respostas e funções do corpo.

Os pés disseram:

– Nós deveríamos ser o chefe, porque carregamos cérebro para onde ele quiser ir.

As mãos disseram:

– Nós é que deveríamos ser o chefe, porque fazemos todo trabalho e ganhamos o dinheiro.

E assim foi com o coração, pulmões, olhos, até que chegou a vez de o cu falar. Todas as partes riram do cu por querer ser o chefe. E foi daí que ele entrou em greve, bloqueou-se e recusou-se a trabalhar.

Em pouco tempo os olhos ficaram vesgos, as mãos crisparam, os pés se retorceram, o coração e os pulmões entraram em pânico e o cérebro teve febre. No final todos, concordaram, e o cu passou a ser o chefe. Todas as outras partes, então, faziam seu trabalho, e o chefe ficava sentado e deixava a merda passar!

MORAL DA HISTÓRIA:
Você não precisa de cérebro para ser chefe; Qualquer cuzão pode ser!!!




Lição número quatro:


Era uma vez um pardal cansado da vida... Um dia, resolveu sair voando pelo mundo em busca de aventura. Voou até chegar numa região extremamente fria e foi ficando gelado até não poder mais voar e caiu na neve. Uma vaca, vendo o pobre pardal naquela situação, resolveu ajudá-lo e cagou em cima dele. Ao sentir-se aquecido e confortável, o pardal começou a cantar. Um gato ouviu o seu canto e foi até lá, retirou-o da merda e o comeu...

MORAL DA HISTÓRIA:
1) Nem sempre aquele que caga em cima de você é seu inimigo;
2) Nem sempre quem tira você da merda é seu amigo;
3) Desde que você se sinta quente e confortável, mesmo que esteja na merda, conserve seu bico fechado!!!



Enviado por email por Tossan

07 novembro 2009

Advogados não são fáceis, mas médicos, as vezes, são piores...





Um advogado, andando pela rua, viu uma placa que dizia: Clínica Médica: tratamos qualquer doença; resultado garantido ou seu dinheiro de volta em DOBRO.'

E pensou: 'Esses caras tão se achando espertos, vou enganá-los e ainda tirar uma grana.' Entrou na clínica, pagou a consulta e o médico o recebeu sorridente:
- Pois não, o que o traz até aqui ?


- Doutor, estou aqui com um grande problema, perdi meu paladar, não consigo mais sentir o gosto de nada; água, café, feijão, arroz.


E o médico: - Ah, pois não. Enfermeira, por favor, traga o pote número 13.

E veio o pote cheio de merda; o médico encheu uma colher e enfiou na boca do advogado.

- O que é isso? O senhor me deu merda?!! Tá maluco ???

E o médico imediatamente: - Pronto, recuperou seu paladar, está curado !
O advogado saiu puto da vida pensando: 'O filho da puta me pegou dessa vez, mas agora tenho que recuperar minha grana.

Dessa vez vou meter uma infalível.'
Dias depois entrou na clínica, pagou novamente a consulta e...

- Ora, ora, o senhor aqui de novo ?!


E o advogado:
- Como assim, de novo ? Quem é o senhor, quem sou eu ? Perdi minha memória. O que estou fazendo aqui ?

O médico sem pestanejar: - Ah, pois não, enfermeira, o pote número 13.
- O pote 13 de novo não, porra !

- Maravilha, recuperou a memória, está curado ! 


E o advogado, puto da vida... Levou meu dinheiro de novo. Não é possível !

Dessa vez não vou dar chance.' Uma semana depois lá estava o advogado novamente e...
- Mas vejam só, o senhor novamente! Em que posso ajudá-lo dessa vez ?

- Pois é doutor, estou acabado dessa vez, perdi o tesão ! Não tenho mais vontade de comer ninguém. Vejo a Juliana Paes, a Flávia Alessandra, a Ana Paula Arósio e nada. Não tenho mais vontade nenhuma...

O médico pensou um pouco e solicitou: 

- Enfermeira, o pote número...
- Se vier com essa porra de pote número 13 mais uma vez vou foder com o senhor, vou foder com essa sua enfermeira filha-da-puta... vou foder com todo mundo !...

- Pronto, já recuperou seu tesão ! Está curado novamente !!!
 

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin