31 março 2009

Às vezes é preciso


Às vezes é preciso destravar as portas, abrir todas as janelas, deixar o vento entrar, destravar os cintos da insegurança e descolar para assistir a terra de luneta, comer pipoca sentado na lua, escorregar pelas pontas das estrelas, dançar no ventre das nuvens, sonhar em outros planetas...
e dar muitas risadas com os cometas...

Às vezes é preciso ficar só...
Com um papel e uma caneta para colorir o coração e colocar mais alegria no viver e se encantar com a felicidade e não se esquecer dos sonhos!

9 comentários:

paula barros disse...

Meu amigo, meu lindo amigo, que coisa mais sublime que encontro aqui.

Você escreveu? Faz dias que venho querendo ler algo escrito por você, por sua alma poética e sensível.

Eu fiquei sem saber se choro, se me inquieto, se voo, se corro....se descarrilho meu trem de vez.

Eu só sei que gostaria de ficar aqui lendo, lendo.

"comer pipoca sentado na lua, escorregar pelas pontas das estrelas, dançar no ventre das nuvens, sonhar em outros planetas..."

Isso para uma amiga que gosta de sonhar é simplesmente a maravilha, da maravilha.

E a imagem está belíssima.

Ai, meu Deus, o que faço com meu coração? E a alma que a muito já voa?


um abraço especial.

Bruna Isidoro Sampaio disse...

Que bonito, suave...me fez sonhar com a vida!Em meio á tantos problemas e tristezas, me fez ver o dia como um dia lindo de Sol.
Muito belo seu texto!

Grande abraço

paula barros disse...

"..e não se esquecer dos sonhos!"

Achei tão lindo.

Voltei para sonhar.

beijo

Zani disse...

Nossa vc se superou! Que coisa mais linda!
Esse texto nos toca na alma enquanto lemos; e dá vontade de fazer tudo isso, nos dá a senssação de que a vida é uma brincadeira.
bjs em seu coração e parabéns!

Dois Rios disse...

As vezes é preciso lançar mão da sensibiliade e da leveza para colocar no papel encantos de palavras como essas que você escreveu.

Absolutamente lindo!

Beijos meus,
Inês

Avassaladora disse...

Quanta gente se esquece dos sonhos...
Talvez essa seja a melhor parte... Não se esquecer dos sonhos...
Com sonhos podemos fazer tudo... até comer pipocas sentada na lua...


Beijos avassaladores!

Nanda Assis disse...

ai que coisa mais gostosa meu jardineiro!! adorei.

bjossss...

Dona Sra. Urtigão disse...

Vim por indicação da Paula, valeu. Vou ficar um pouco passeando por aqui...

tossan disse...

Muito linda a tua narrativa poética. Me faz pensar. Gostei muito! Abraço

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin