26 março 2009

Dicionário Alentejano-Português T

O Alentejo, agora que é Primavera... caminho para o Monte (casa de Herdade-Fazenda)

Hoje não dou exemplo da fala, é um exercício a fazer com a letra T, existem boas palavras para se divertirem um pouco.

T
Tá fazendo ronha------------(exp.) Não está a aproveitar o tempo, finge que fáz
Tá fêto mariola-------------(exp.) Está feito brincalhão
Tá lé a lengalenga----------(exp.) Quando se repete, enfadonho

Tá lé a Tontaria------------(exp.) quando não concorda com o que se disse

Tá lé o esparragado---------(exp.) Alvoroço - Confusão - barulho

Tá mangando comigo----------Está brincando

Tá passado da cabeça--------(exp.)Não está bom, está maluco

Tal Nei a Moinha------------Ai que chatice

Talmente--------------------Naturalmente

Tamêm-----------------------Também

Tamos cagádos---------------(exp.) usada quando as coisas não correm bem

Tanganho--------------------Pauzinhos

Tanta familia---------------Muita gente

Tanta porquera--------------Muita porcaria
Tanta precura---------------Tanta pergunta

Tardi-----------------------Tarde (boa tarde)

Taronja---------------------Meio tonta

Tarroera--------------------Barreira

Tás a mangar----------------(exp.)Não está a falar a sério
Tás com fastio?-------------Tas sem fome?/Tas enjoado Távendo---------------------Esta a ver
Tém ávondo------------------Já chega

Tô de pau feto--------------(exp.)Estou excitado
Tónho-----------------------António
Tornêra---------------------Torneira
Trambolho-------------------Uma coisa sem geito nenhum ou um pau que se colocava dantes ao pescoço dos cães para eles não correr demais atrás das ovelhas
Tramoço---------------------Marisco de origem vegetal alentejano Transistor------------------Rádio a pilhas
Tremera---------------------Nervoso

Trempe----------------------Acessório em ferro para colocar as panelas ao lume
Trigue----------------------Tigre
Tromba----------------------O focinho de um animal ( de duas ou quatro patas)
Túbaros---------------------Tomates (não são os vegetais , são os outros) ex: levou um bordoada nos tubaros que até andou a 9)
Ténica----------------------Técnica

História de Alentejano

Era uma vez, um pastor que tinha, naturalmente, um rebanho de ovelhas e o respectivo carneiro para assegurar a continuidade do rebanho.
Ora aconteceu um dia uma fatalidade ao carneiro. Deu-lhe uma doença qualquer e morreu, facto que deixou o pastor muito aflito.
Foi então ter com um pastor vizinho e contou-lhe o sucedido:
- Pois_ amigo, nem queira saber, estou muito preocupado pois morreu-me o meu carneiro e está a aproximar-se a época do cio por isso vim falar consigo a ver se me emprestava o seu carneiro para fazer a cobrição das ovelhas senão fico desgraçado.
- Ó compadre, pois não precisa ficar assim preocupado. Olhe não lhe posso emprestar o carneiro porque também não o tenho nem preciso.
- Não precisa? Então como é que faz?
- É muito simples: Quando chega a época agarro nas ovelhas, levo-as para o monte, para um sítio assim a modos que isolado, que não tenha ninguém à volta, entende? E depois sou eu próprio que faço a cobrição, simples!
- Não me diga, compadre! E resulta? Como é que sabe depois quais são as ovelhas que estão cobertas?
- Se resulta! É muito simples: De manhã levanto-me e vou à janela. As ovelhas que estiverem ao sol, não ficaram cobertas. As que estiverem à sombra, ficaram!
E o pastor, acreditando naquelas tangas todas, assim fez. Meteu as ovelhas todas em cima da camioneta e levou-as para o monte onde ele próprio se dispôs a fazer o serviço que deveria ser feito pelo carneiro...
Chegou a casa estafadíssimo e tarde, já se vê :) nem quis comer nem nada.
A mulher ficou um pouco admirada mas não disse nada. Até que no outro dia de manhã mais admirada ficou quando já manhã ia avançada e o marido ainda a dormir, nem tinha feito a ordenha nem nada:
- Ó Maneli! Acorda hóme que já é tarde! - Ó Maria já vou. Olha faz-me um favor, vai ali à janela e diz-me quantas ovelhas estão à sombra!
- Olha, à sombra não está nenhuma. Estão todas ao sol.
Não tinha dado resultado. De modo que, toca a carregar novamente as ovelhas para cima da camioneta monte acima até um sítio isolado e toca de ... bem, já sabem a fazer o quê às pobres das ovelhas.
Volta a casa ainda mais fatigado; chegou e pôs-se logo a dormir, a mulher já começava a desconfiar, mas mesmo assim não se manifestou. De manhã, já tarde, meio ensonado, diz para a mulher:
- Ó Maria, vê-me lá se está alguma ovelha à sombra e vem-me dizer.
- Ó Maneli, não está nenhuma nem à sombra nem ao sol! Estão todas em cima da camioneta!


7 comentários:

Pelos caminhos da vida. disse...

Passando aqui pra te agradecer sua visita,andou sumido do meu blog amigo?
Espero que volte mais vezes senti sua ausência,não posso te cobrar muito pois tb estive ausente daqui,mas não irá acontecer de novo.

Um gde dia de primavera pra vc.

beijooo.

Carmem disse...

A primavera é a mais linda das estações...
Boa primavera pra vocês!
Aqui é outono agora!...lida também...pelas suas cores!
Gostei muito do Blog!

E o dicionário tá muito legal...adorei...!

Cleo disse...

e aqui já começa o outono, mas o nome dele deveria ser Mané e não Maneli, kkkkkk. como não rir?kkkk.
Beijos Jardineiro.
Cleo

paula barros disse...

Quero ver a Primavera, andar em caminhos lindos assim e conhecer a bela Rosa.

O nome da minha vó era Antonia e chavam Tonha, ou Toinha.

Ah, saudade.

beijo

paula barros disse...

Esses Alengejanos são fogo. rsrsr

abraços sorridentes.

tossan disse...

Esta é fantástca. Quem será o inventor destas piadas? Você? Abraço

Rose disse...

DEIXANDO-LHE UM BEIJO, VIU?

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin