29 agosto 2008

Tourada à corda ( I )

Açores, Ilha da Terceira.





É deveras hilariante... por vezes as feridas são leves, outras de gravidade... outros lhes esperam a morte...

Há na Ilha duas espécies de touradas: as de praça e as de corda.

As primeiras são cópias das touradas portuguesas de redondel

As segundas, o toiro corre pela via pública preso pelo pescoço a uma corda de 80 metros de comprido, na extremidade da qual há seis homens que a seguram, fazendo-o parar quando for preciso. Estes homens usam camisola de linho e geralmente andam descalços ou de sapatas de corda.

As corridas de toiros à corda, verificam-se em qualquer ponto da Ilha, excepto na cidade e o seu número é ilimitado, começando em Maio e acabando em Outubro.
Há as tradicionais, ou sejam as que se realizam todos os anos sempre nos mesmos lugares e em dia imediato às festas dos impérios, dos padroeiros das freguesias e festas de Santo António, onde o povo à margem da Igreja, se cotiza para as realizar.

Independentemente desta há as ocasionais promovidas por um indivíduo ou grupo de indivíduos, moradores em determinado lugar. Assim, numa mesma freguesia há várias por ano.

5 comentários:

instantes e momentos disse...

ótimo teu blog, fico feliz em estar aqui.
Tenha um belo final de semana.
maurizio

EternaApaixonada disse...

Valeu a pena conferir o Jardim de Urtigas!
Gostei e estou levando teu selo. Busque o meu caso queira.
Será favoritado para que possa voltar e me divertir com seus bem bolados posts! Parabéns!
Bom final de semana!
Helô

Nanda Assis disse...

hilário isto!!!
vi o comentário da eternaapaixonada
sobre teu selo, eu já pelejei com ele e não consigo por no meu blog, me ensina???? manda em e-mail pra mim, me explicando.
bjosss...

paula barros disse...

Hilariante?
Só vi em filme e em reportagens.
abraços

Dois Rios disse...

Literalmente é a vez do touro, rss

Beijo,
Inês

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin